domingo, 22 de janeiro de 2012

Foi por mim

Sente oq acontece quando vc se coloca na primeira pessoa e não como "todos nós", o peso das palavras ficam maior...as partes sublinhadas são as modificações da 3ª pessoa do plural para a 1ª pessoa "Quem deu crédito à nossa pregação? e a quem se manifestou o braço do Senhor?Pois foi crescendo como renovo  perante ele, e como raiz que sai duma terra seca; não tinha formosura nem beleza; e quando olhei para ele, nenhuma beleza , para que o desejásse. Era desprezado, e rejeitado por mim; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem eu escondia o rosto, era desprezado, e não fiz dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as minhas enfermidades, e carregou com as minhas dores; e eu o reputei por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por  causa das minhas transgressões, e esmagado por causa das minhas iniqüidades; o castigo que me traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fui sarada. Eu, Luciana, andava desgarrada como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade que era minha. Isaías 53:1-6

sábado, 21 de janeiro de 2012

Sexo? Leia,mas tem que ser até o final

Experimente ler esse artigo que de forma franca e bem-humorada faz a gente pensar.
Você está namorando alguém que simplesmente é o máximo. É a concretização dos seus sonhos. Essa pessoa é perfeita para você, ela te completa, te deixa entusiasmado, apaixonado, cheio de amor e planos para a vida. A inteligência e o senso de humor lhe cativam, mas muito mais ainda o jeito de ser, o sorriso e… a beleza do seu corpo. É por isso que, naquele momento mais romântico, abraçados e sozinhos – explode uma vontade “incontrolável” de fazer sexo. Você diz: “-Tem que ser agora, não pode ser mais tarde. A gente se ama mesmo, não é?”
Saiba que o sexo está liberado… mas, antes de ele acontecer com toda a paixão, você precisa conversar com sua namorada. Pare onde estava, vá para um lugar mais claro, tome um copo de água para esfriar a “cuca”, e vamos pensar um pouco.
Diga a ela que você quer fazer sexo. Pergunte se ela quer também, ou se sente pressionada. Tenha certeza da permissão, porque você não é dono do corpo dela. Calma aí, não é tão simples assim. Junte seus amigos e os dela e fale a todos que você vai fazer sexo com ela. Isso porque você não quer esconder nada da sua vida, você é um livro aberto. Inclusive esta atitude afastará a outros que, quem sabe estavam com a mesma intenção a respeito dela. Ela já fez a escolha e não é nenhum dos seus amigos, ainda bem.
Como você é um jovem responsável e não deve nada a ninguém, vá antes a casa dos pais dela e seja franco: “-Eu quero fazer sexo com sua filha, e gostaria que vocês aprovassem, porque enquanto ela não é minha; é de vocês”.
Depois dessa conversa aberta e sem rodeios, porque você quer fazer o que é certo; traga sua namorada até sua casa e apresente-a a seus pais dizendo: “-É com essa moça que eu quero fazer amor, e não é só uma vez não. É muito e muitas vezes”.
Bem, se é assim que vocês querem, não fica legal fazer isso na casa dos seus pais ou dos pais dela. Seria um constrangimento, os pais ficariam sem graça, sua namorada vai ficar com medo de fazer algum barulho, vocês não vão ficar à vontade com certeza. No Motel não dá pra morar, sem contar que ficaria muito caro sustentar toda essa paixão e cada vez correr para lá.
Vocês se amam tanto que se pudessem ficariam o tempo todo juntos, então é melhor fazer um grande esforço, juntar as economias com a ajuda dos pais, se possível, e alugar uma casa ou apartamento.
Assim você deixará seu pai e sua mãe e se unirá a sua amada (Está na Bíblia – Gênesis 2:24). Mas espere aí, ainda não.
Você não gostaria que ela fizesse sexo com outros além de você. Existem 52 doenças venéreas, inclusive a Aids, e é perigoso correr esse risco. Então, se é seu propósito ser fiel a ela e vice versa, evite uma série de aborrecimentos e vá até um Cartório. Leve algumas testemunhas e prepare um documento dizendo que você fará sexo só com ela, e isso é um compromisso dela também. Vão aproveitar à vontade, serão um do outro, então assine, porque você não tem costume de fugir das responsabilidades.
Como fazer amor é um ato muito bom e isso foi invenção de Deus, então você deve reunir todos os seus parentes e os dela, todos os seus amigos e os dela, convidar todos para a igreja e pedir ao líder religioso que abençoe o sexo que vocês vão praticar. Afinal, vocês acreditam em Deus e Deus acredita na sinceridade de vocês. Desta forma, vocês na presença de todos declaram:
“-Nós não queremos esconder nada de ninguém. Não queremos ficar mentindo por aí, dizendo que não fizemos nada; não queremos experimentar o trauma de uma gravidez indesejada, um aborto forçado, ou uma doença venérea incurável. A gente se ama tanto que faremos sexo quantas vezes der vontade. Diante de todos aqui presentes, declaramos que a partir desse momento deixamos o “Clube dos Abstinentes Sexuais Temporários”. Soubemos esperar até esse momento porque o sexo é uma arte; e vamos aprender essa arte juntos, com toda a responsabilidade. Não precisamos de experiência sexual prévia, isso é desculpa de quem não soube esperar. Mas agora, será muito gostoso abrir esse “presente” de Deus para nós. Fazemos esse compromisso sabendo que sexo não é brincadeira, haverão momentos de discussões e adaptações, mas seremos sempre um para o outro. O sexo finalmente está liberado para nós, portanto com licença que eu e ela temos que ir à nossa casa para…”
                                                             
                                                              Autor: Pr. Udolcy Zukowski Diretor do Ministério Jovem

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Ministro da educação recusa exlicação sobre destribuição de camisinhas para crianças

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o Dep. João Campos (PSDB-GO), e o Dep. Paulo Freire (PR-SP) protocolaram na manhã desta terça-feira, 17, uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ministro da Educação, Fernando Haddad.
Houve questionamento sobre a implantação de máquinas para a distribuição de camisinhas para crianças de escolas. O ministro não se esclareceu, e ficam dúvidas como: faixa etária dos alunos que terão acesso, se haverá consulta aos pais, e qual o objetivo do governo federal com esse tipo de distribuição.
Entre outros conflitos de ordem ética com a bancada evangélica,o maior envolveu a distribuição do chamado “kit gay”, o Ministério da Saúde alegava ter o objetivo de combater a “homofobia” nas escolas. Apesar do enorme investimento de uma verba governamental de um milhão e quinhentos mil reais, através de emenda parlamentar do Dep. Chico Alencar (PSOL - RJ), a pressão da bancada evangélica fez a presidente Dilma Rousseff suspender a distribuição do “kit gay 1”, embora haja informações na imprensa de que que a versão 2 já está a caminho.                   

(http://juliosevero.blogspot.com/ , Com informações do Estadão.)