quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Incêndio na "favela do cachorro assado"

Há poucos minutos a casa de um senhor conhecido como "Zé Antônio" que fica na rua Emílio Castelar, bairro Barrocas, chamada "favela do cachorro assado" ficou totalmente destruída por um incêndio. Não se sabe ao certo como começou e se foi provocado ou não (acredito eu que sim, pois o homem é um principal suspeito da morte de sua vizinha), também ainda não tenho informação sobre esse senhor, espero eu, que ele não estivesse lá na dentro.
(imagem tirada do fundo de minha casa)

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Amigos?

Hoje resolvi postar algo diferente, passar um pouco do que eu aprendi e estou aprendendo sobre amizade.
Nós, jovens, não gostamos muito de ouvir criticas, infelizmente procuramos a maioria das vezes amigos que apóiem nossos erros, que nos digam: "Você esta certa!"
Sempre estamos em grupos preferimos amigos que gostem do que a gente gosta... que curta o mesmo som, que tenha estilos parecidos, que compartilhe as mesmas opiniões etc. Mas isso é um erro. Quando pensamos assim estamos nos afastando de quem realmente poderá ser um grande amigo. 
O bom é você não distinguir o tipo de pessoa com quem você quer ter laços de amizade porque pessoas que você nem imaginava pode te ensinar coisas muito boas para sua vida. E, o seu melhor amigo é aquele que puxa sua orelha quando acha que você está exagerando, que tenta mostrar que você pode estar errado, aquela pessoa chata que está sempre "no seu pé". São essas pessoas que pensam diferente de você, mas que te ama e vão te ajudar quando você precisar.
Essas pessoas podem estar aí bem perto e você nem percebe ou pode ser que você nunca tenha visto essa pessoa, mas ela insiste em te dar um "olá" no face e te escuta quando você desabafa, mas quando ela te aconselha você se fecha, muda de assunto e talvez apenas não fala mais.
São poucos os que vão ler esse texto e refletir em quem são seus amigos.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Apenas...


A garota estranha... A que saía com os amigos e não tinha vergonha de estar numa roda cheia de meninos.
A garota estranha q sempre andou com amigas mais novas e se achava a responsável, q dizia "eu sou a baba de vcs" e aprontava junto na rua ><
A garota estranha q sempre escutava oq não queria e calada, mas q no funda queria chutar o balde e sair fora, e q fazia isso assim q terminava de ouvir
A garota estranha q pulava e dançava sozinha dentro de casa ou com sua amiga mais maluca...
A garota estranha q não tinha coragem de falar oq pensava, mas tb não se importava com oq diziam...
A garota estranha q não cresceu, só ficou mais velha .
A garota estranha da escola, do bairro, da rua q até hj ainda é observada
Essa garota estranha sabe oq quer, só não sabe como começar...
Essa garota estranha q pra alguns tem uma mente aberta e resolvida, que pra outros é só mais uma maluca...
Essa garota estranha ainda existe, só está mais tranquila!