quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Estranho,bizarro e doidices


Sabe, tem coisas estranhas que eu faço micos e esquisitices, algo do tipo beber coca com água, falar com Deus em voz alta dentro de casa,escutar música no volume bem alto cantando, pirando e dançando na sala e até mesmo dançar em cima da carteira do colégio quando ouvia uma música que gostava muito (Obs:isso de dançar em cima da carteira só foi duas vezes).

E,ontem, por exemplo,estava muito atrasada para ir no Skate Park que para não perder tempo escovei os dentes em quanto fazia minhas necessidades(husuhsuh...éco).

Eu, minha melhor amiga e minha irmã sempre saiamos juntas, só para andar na rua, nos divertirmos. E nessas, uma vez elas duas começaram a pular e dançar numa esquina no semáforo, eu muito inocente não dei muito atenção e quando me virei para pegar umas pedrinhas no chão e rebolar nelas, ouço gritos "corre Lú,corre!"Olho para trás e não vejo elas,fiquei olhando de um lado para o outro,só percebo que elas estavam longe porque gritavam novamente pra correr e eu sem saber o porquê.Corri até elas e contaram que tinhas uns caras perseguindo a gente,ahhh mais foi penas pra que te quero,corremos tanto que esbarramos num casal evangélico e sabe do que a mulher nos chamou?De viçosas, vê se pode?!
Despistamos os caras e voltamos para casa rindo da situação. Mas não foi a primeira vez que fomos perseguidos... Outra vez estávamos de bicicletas, foi na véspera de Natal de 2007. Muito bom aquele dia!Tínhamos saído de uma festa eletrônica na casa da minha melhor amiga porque a mãe dela pediu forró para dançar... Então fomos anda de bicicleta as 23h00min, era uma alegria, riamos, brincávamos e até cantávamos quando de repente aparecem três caras também de bicicleta. Eles chegarão com um papinho estranho, perguntando onde morávamos, nosso número... Aceleramos as pedaladas e eles continuavam atrás da gente, gritando para parar que não era para termos medo... Eles sim foram difíceis de enganarmos, mais conseguimos e voltamos para a festa como se nada estivesse acontecido.
Houve uma vez que um locutor de uma rádio da cidade parou a gente e começou a falar do passado, presente e futuro da minha melhor amiga, ela ficou bem assustada porque ele adivinhou um segredo dela do passado que nem eu sabia, e logo depois aconteceram algumas coisas que ele tinha previsto no futuro dela, só não posso contar o que!
Ainda bem que eu não o aceitei falar nada sobre mim, eu emcara doido!
Eu poderia falar inúmeras coisas doidas que acontece na minha vida e que eu faço, mas ficaria um texto muito grande para ler e texto grande é muito chato.

Um comentário:

luciana disse...

Mais alguém tem micos e coisas bizarras pra contar?